“Kamikaze” é o Eminem cada vez mais comum e menos surpreendente

Eminem – Kamikaze (2018) Por Gabriel Sacramento Tenho uma teoria sobre o Eminem: ele se encontra cada vez mais preso em uma “bolha de lugar comum”, que o impede de fazer vôos altos e sufoca sua musicalidade. Isso porque, ao contrário de tantos outros rappers e artistas no geral, o americano não está sabendo lidar […]

Podcast – Kids See Ghosts e os altos e baixos do hip hop

O que o hip hop nos deu nos últimos meses Neste episódio, Thais Ribeiro, Gabriel Sacramento e Lucas Scaliza analisam Kids See Ghosts, álbum fruto da parceria entre Kanye West e Kid Cudi lançado pela GOOD Music e que arrancou elogios de público e crítica. Dessa nova leva de álbuns do selo, falam ainda de Daytona, do […]

“Scorpion” é uma overdose de um Drake redundante e auto-indulgente

Drake – Scorpion (2018) Por Gabriel Sacramento Este é o terceiro ano consecutivo que eu escrevo sobre o Drake aqui no site. VIEWS de 2016 me desapontou bastante, embora eu goste até hoje de “Hotline Bling”, e More Life (2017) me surpreendeu e me fez enxergar o artista de uma forma diferente. Scorpion é seu […]

Os 20 Melhores Discos de 2018 Até Agora

Uma lista para quem fez bonito no primeiro semestre de 2018 Mais um semestre terminando e temos que encarar que ninguém tem a lista de melhores álbuns do semestre perfeita, mas é divertido pensar em quem elegeríamos. Este ano, Lucas Scaliza, Gabriel Sacramento e Eder Albergoni [que continua firme na recuperação de seu acidente] resolveram eleger os 20 […]

Podcast – É do Brasil Vol. 4

O podcast para discutir a atualíssima música brasileira Em português ou em inglês, comercial ou totalmente alternativo, a produção brasileira é vasta e é difícil acompanhar tudo o que está acontecendo. A série É do Brasil é um podcast destinado a mostrar o que artistas brasileiros estão produzindo e como são interessantes suas histórias e […]

38 anos depois, o Parliament surge com um disco moderno e reflexivo

Parliament – Medicaid Fraud Dogg (2018) Por Gabriel Sacramento George Clinton é um daqueles gênios da música que, felizmente, ainda estão vivos. Seu trabalho com suas bandas irmãs, Parliament e o Funkadelic, foi fundamental para o desenvolvimento da música americana das últimas décadas. Junto com Sly Stone e James Brown, Clinton é membro da trindade […]

Kanye West fala de seu estado mental em disco curto e terapêutico

Kanye West – Ye [2018] Por Lucas Scaliza A boa notícia sobre Ye é que o álbum dura apenas 23 minutos e não tem nenhuma letra exaltando Donald Trump ou relativizando a escravidão, só para citar dois pivôs de declarações recentes de Kanye West que fizeram parecer que o panorama mental do rapper parecia mais […]

“Dirty Computer” é a máquina 3.0 de Janelle Monáe

Janelle Monáe – Dirty Computer [2018] Por Eder Albergoni A persona de Janelle Monáe é, decididamente, mais importante do que a própria música. Não que a figura da artista seja mais interessante por si só, como se a criação, que vai muito além da música, não conseguisse transmitir a mensagem que justifica a concepção artística […]

Janelle Monáe: Ode à Liberdade

Janelle Monáe é afrofuturismo e sexo, liberdade e música boa A compositora, produtora, atriz, modelo, ativista e cantora Janelle Monáe lançou Dirty Computer, seu álbum mais pop até o momento, mas carregado de mensagens sobre feminismo, política, afrofuturismo e liberdade sexual, refletindo o mundo e principalmente os Estados Unidos atual. Um trabalho muito conceitual que ganhou […]

J. Cole aposta em bases secas e narrativa poderosa

J. Cole – KOD (2018) Por Gabriel Sacramento Abram alas, o J. Cole quer passar. Seu último trabalho, 4 Your Eyes Only (2014), mostrava que ele não precisava se render à tendências da moda, nem ao pop, para fazer valer sua opinião e seu estilo, e KOD chega com tudo reafirmando a independência dele como […]