“Begin Again”, da Norah Jones, é jazz com pitadas experimentais

Norah Jones – Begin Again (2019) Por Gabriel Sacramento Begin Again é, afinal, mais jazz do que eu esperava, mas menos jazz do que Day Breaks. Em um primeiro momento, numa audição corrida, pensei que tratava-se de uma mera continuação do disco de 2016, seguindo as batidas naturais da carreira de Norah Jones, que agora […]

Billie Eilish apresenta o terror na perspectiva do pop adolescente

Billie Eilish – When We All Fall Asleep, Where Do We Go? (2019) Por Gabriel Sacramento “Thriller” — a música, não o álbum — é o videoclipe mais famoso de todos os tempos e também uma das mais bem-sucedidas tentativas de abordar o pop com a estética do horror. A época era ótima para isso: […]

“Gold in a Brass Age” traz um David Gray inspirado, mas acomodado

David Gray – Gold in a Brass Age (2019) Por Gabriel Sacramento Toda vez que leio esse título do décimo primeiro disco do britânico David Gray, não consigo deixar de pensar em como ele escancara o dilema dos artistas que já estão no showbiz há décadas — a crise que atormenta o personagem do Michael […]

Novo disco do James Morrison exalta a beleza da simplicidade

James Morrison – You’re Stronger Than You Know (2019) Por Gabriel Sacramento Para quem acha que o pop formato-canção está em crise e não consegue mais oferecer boas experiências, James Morrison desafia suas convicções. O cantor-sensação que explodiu na terra da rainha com um disco promissor em 2006, o ótimo Undiscovered, continua sem desapontar. E […]

“Wasteland, Baby”: a evolução segura de Hozier

Hozier – Wasteland, Baby (2019) Por Gabriel Sacramento Uma das grandes revelações de 2014 e queridinho das premiações de música, Hozier está de volta com o segundo disco da carreira, Wasteland, Baby. Como todo artista que começa muito bem, o irlandês enfrenta os demônios do famigerado teste do segundo disco, tentando dizer algo mais e, […]

Emarosa assume seu lado popzão e sai para o abraço

Emarosa – Peach Club (2019) Por Gabriel Sacramento Peach Club é o fim de uma trilogia fundamental para o Emarosa, que começou com o bom Versus (2014) e seguiu com o fantástico 131 (2016). Essa fase marca a redefinição da banda de Kentucky depois da intensa troca de membros. O guitarrista ER White é o […]

“thank u, next”, da Ariana Grande, era realmente necessário?

Ariana Grande – thank u, next (2019) Por Gabriel Sacramento Mais ou menos dois meses depois do lançamento de sweetener no ano passado, circulavam rumores de que Ariana Grande já estava escrevendo um novo álbum. No final de 2018, houve uma notícia que já estava pronto, mas o selo não iria lançar. Pois bem, seis meses […]

Sharon Van Etten experimenta com propriedade em novo disco

Sharon Van Etten – Remind Me Tomorrow (2019) Por Gabriel Sacramento O termo “experimental” está virando um grande clichê de sentido geral no meio do jornalismo musical. Isso ocorre principalmente porque o termo tem sido subjugado à total subjetividade: se um artista utiliza leves elementos diferentes em seu disco, ensaia uma mudança para uma nova […]

“Assume Form”, do James Blake, é melancólico e bem produzido

James Blake – Assume Form (2019) Por Gabriel Sacramento Recentemente, vi um texto sobre um estudo que afirmava que o pop está ficando triste. De fato, a pesquisa é interessante e provou que essa onda tem sido crescente nos últimos anos, no entanto, a tristeza sempre foi um combustível e fonte de inspiração para a […]

Disco de estreia da Tallies é um como um sonho inesquecível

Tallies – Tallies (2019) Por Gabriel Sacramento A Tallies é uma daquelas gratas surpresas que você encontra por aí sem querer na internet e que só te faz sorrir em cada audição. É como estar preso por bastante em um sonho bom que você teve, mesmo depois de horas de acordado. Aliás, é por isso […]