Ed Motta cada vez mais Ed Motta em “Criterion of The Senses”

Ed Motta – Criterion of the Senses (2018) Por Gabriel Sacramento O grande acerto da carreira de Ed Motta foi a sua guinada para uma veia mais experimental e tresloucada em 2002. Na época, quando lançou Dwitza, o cara decidiu abrir mão do pop que vinha marcando seus lançamentos e da busca por hits para […]

É Do Brasil Vol. 5: João Ferreira, Sérgio Ramalho e Phill Veras

Soltem fogos, pois o É Do Brasil está de volta!  Sim, continuaremos, desta vez em formato de texto, a dissecar a cena musical brasileira para trazer nomes interessantíssimos  para você, leitor. Fique ligado nestas dicas e nas próximas que virão 🙂 Ah, se você chegou aqui de paraquedas, saiba que existem quatro volumes dessa série […]

No “Em Trânsito”, Lenine mistura o novo, o velho e a elegância de sempre

Lenine – Em Trânsito [Deluxe] (2018) Por Gabriel Sacramento Lenine embarcou em uma proposta ambiciosa: montar primeiro um show e, então, gravar e lançar como um CD. Ou seja, das composições direto para o palco, sem ir para o estúdio, como o convencional. O cantor disse que estava cansado da mesmice do processo de concepção […]

Gustavo Bertoni explora diversas linguagens sonoras em novo disco solo

Gustavo Bertoni – Where Light Pours In (2018) Por Gabriel Sacramento Prosseguindo na sua saga solo, Gustavo Bertoni finalmente liberou o sucessor de The Pilgrim, de 2015. Sua carreira solo segue o modelo clássico: em que o artista explora linguagens diferentes que geralmente não cabem no universo da sua banda original e experimenta livremente sem […]

Em “Aquário”, o Riviera sugere o rock como libertação das prisões mentais

Riviera – Aquário (2018) Por Gabriel Sacramento Das Minas Gerais, vem um dos discos de rock mais interessantes que foram parar nos meus ouvidos esse ano. Aquário é o mais novo álbum do grupo Riviera, equipe formada por Vinicius Coimbra (voz e guitarra), Rafa Giácomo (guitarra e voz), Rapha Garcia (baixo e voz) e David […]

Mahmundi e seu antídoto contra os dias ruins

Mahmundi – Para Dias Ruins (2018) Por Gabriel Sacramentopa Mahmundi foi um dos destaques da música tupiniquim em 2016, já surgindo com uma autoridade de gente que já está no jogo há anos. Sua autoralidade, sua obsessão pelos anos 80 e suas melodias gentis conquistaram muitos ouvintes, que aguardaram ansiosamente para o segundo capítulo da […]

Bixiga 70 investe em psicodelia no ótimo “Quebra-Cabeça”

Bixiga 70 – Quebra-Cabeça (2018) Por Lucas Scaliza A banda paulista Bixiga 70 chega ao quarto disco mantendo uma regularidade invejável. Desde a estreia com Bixiga70 (2011) dá uma aula de como fundir culturas e tirar proveito de seus nove integrantes pra criar uma música rica e que, graças ao bom senso na hora de […]

Gui Boratto cria um prisma de boas sensações em “Pentagram”

Gui Boratto – Pentagram [2018] Por Lucas Scaliza Nome mais do que essencial para a música eletrônica deste século, o brasileiro Gui Boratto está na pista há pelo menos 15 anos e há 11 desde que Chromophobia [2007] arrebatou os ouvidos de públicos do mundo todo. O pentagrama, a estrela de cinco pontas, é a […]

O folk reflexivo e existencial dos Arrais confronta e conforta os ouvintes

Os Arrais – como, então, viveremos? (2018) Por Gabriel Sacramento Dilemas existenciais, crises humanas, fé, esperança, desesperança, desespero, insegurança, confiança: tudo isso, de certa forma, está impregnado no DNA da dupla composta por Tiago e André Arrais, musicalizado com um folk sensível e poético. Os irmãos são cristãos, mas não escrevem música estritamente religiosa, pois […]

Ava Rocha evoca mística e ancestralidade em “Trança”

Ava Rocha – Trança [2018] Por Lucas Scaliza Ava Patrya Yndia Yracema não é um capítulo isolado na carreira de Ava Rocha. Dizer que Trança, seu terceiro álbum solo, é esteticamente diferente do segundo significa excluir o que é a estética em si. Aliás, se o segundo álbum tinha a palavra “Yndia” no título, é […]