Joe Bonamassa mantém o alto nível em “Redemption”

Joe Bonamassa – Redemption (2018) Por Gabriel Sacramento Esse ano, quando resenhei o Please Don’t Be Dead do Fantastic Negrito, falei da revolução do blues que o artista propõe, impondo uma mudança nas estruturas e na lógica do gênero, que é tão comum e familiar para os ouvintes. Outro que faz isso muito bem é […]

Gustavo Bertoni explora diversas linguagens sonoras em novo disco solo

Gustavo Bertoni – Where Light Pours In (2018) Por Gabriel Sacramento Prosseguindo na sua saga solo, Gustavo Bertoni finalmente liberou o sucessor de The Pilgrim, de 2015. Sua carreira solo segue o modelo clássico: em que o artista explora linguagens diferentes que geralmente não cabem no universo da sua banda original e experimenta livremente sem […]

“Please Don’t Be Dead” é o Fantastic Negrito revolucionando o blues

Fantastic Negrito – Please Don’t Be Dead (2018) Por Gabriel Sacramento Que discaço! Xavier Amin Dphrepaulezz, o Fantastic Negrito, quase desistiu da música várias vezes devido a uma vida difícil, que parecia jogar contra ele e contra seu sonho. Teve que aprender a como lidar com a fama, com os vícios e com as portas […]

Chuck Auerbach e a melancolia que mora nos artistas

Chuck Auerbach – Remember Me (2018) Por Gabriel Sacramento Se em muitas famílias de artistas o peso do nome dos pais recai sobre os filhos, e estes iniciam uma carreira depois de alguém já estabelecido e respeitado na família, na família dos Auerbach foi diferente: depois de Dan Auerbach conseguir notoriedade pelo seu trabalho como […]

Mais quente e mais solto: o fenômeno Leon Bridges está de volta

Leon Bridges – Good Thing (2018) Por Gabriel Sacramento Em 2015, o mundo conheceu uma versão bem interessante e modernosa de um dos maiores cantores da história da soul music: Sam Cooke. Lembro do buzz que se gerou em torno do seu nome e do outros artistas como Allen Stone e Son Little, da tal […]

Ben Harper & Charlie Musselwhite – No Mercy In This Land (2018)

Continuação natural de Get Up!, com classe, paixão e mais do bom e tradicional blues Por Gabriel Sacramento Dá para definir a carreira do Ben Harper pelas suas parcerias: seja com a banda Innocent Criminals, com quem gravou três álbuns; ou com a banda Relentless7, com quem gravou um oficialmente; com os Blind Boys of Alabama, […]

Myles Kennedy – Year of The Tiger (2018)

A libertação do artista em um disco doloroso e amargo Por Gabriel Sacramento Myles Kennedy perdeu seu pai aos quatro anos de idade e, como acontece com todo evento traumático que ocorre na infância de qualquer ser humano, ele foi duramente marcado por isso em todas áreas da sua vida, inclusive na sua arte. 44 […]

Jack White – Boarding House Reach (2018)

Artista e gerente de sua própria arte, Jack White entende o que é a música contemporânea e o que ela pode ser Por Lucas Scaliza Boarding House Reach, 3º disco da carreira solo do polivalente Jack White, é um trabalho que escancara algumas mudanças na música como um todo e na forma como White passa […]

Bernard Allison – Let It Go (2018)

Mesmo não sendo tão relevante, ainda é uma boa opção para entretenimento escapista Por Gabriel Sacramento Assim como Lucky Peterson, Simon McBride, Eric Gales e tantos outros, Bernard Allison é um artista que investe na amálgama entre dois estilos tradicionais americanos que não morreram, mas estão bem velhos, pedindo ajuda na beira da estrada: o […]

Três Anúncios Para Um Crime – A trilha de Carter Burwell (2017)

Três Anúncios Para Um Crime tem trilha tímida, mas compensa com ótimo roteiro Por Eder Albergoni Trilhas sonoras geralmente são aquelas peças curtas que a gente ouve durante o filme e servem pra climatizar a cena. Se é uma tomada de perseguição, por exemplo, o compositor usa timbres mais tensos e que contextualizem com explosões […]