“For Ever” é o Jungle mais maduro e ainda mais autoral

Jungle – For Ever (2018) Por Gabriel Sacramento O Jungle evoluiu de um duo para uma banda de sete membros do auto-intitulado disco de estreia até esse novo, For Ever. Na época, já impressionaram por uma visão do R&B/soul moderna e alternativa com um frescor tipicamente europeu. Capitaneados por Tom McFarland e Josh Lloyd-Watson, o […]

Joe Bonamassa mantém o alto nível em “Redemption”

Joe Bonamassa – Redemption (2018) Por Gabriel Sacramento Esse ano, quando resenhei o Please Don’t Be Dead do Fantastic Negrito, falei da revolução do blues que o artista propõe, impondo uma mudança nas estruturas e na lógica do gênero, que é tão comum e familiar para os ouvintes. Outro que faz isso muito bem é […]

Tori Kelly acerta com o gospel de “Hiding Place”

Tori Kelly – Hiding Place (2018) Por Gabriel Sacramento A trajetória musical de Tori Kelly me lembra a da cantora Loreen: começo com pop de programas de calouros — ambas chegaram a participar — e uma mudança brusca do primeiro para o segundo registro. A diferença é que a sueca ganhou um grande festival e […]

Chic volta pop e modernão em “It’s About Time”

Chic – It´s About Time (2018) Por Gabriel Sacramento Enquanto ouço It’s About Time, só consigo lembrar da apresentação do Chic no Rock in Rio 2017, com toda aquela vibe de festança contagiante até mesmo para quem estava longe da cidade do rock e aquelas pessoas no palco dançando e curtindo o momento no final. […]

Ed Motta cada vez mais Ed Motta em “Criterion of The Senses”

Ed Motta – Criterion of the Senses (2018) Por Gabriel Sacramento O grande acerto da carreira de Ed Motta foi a sua guinada para uma veia mais experimental e tresloucada em 2002. Na época, quando lançou Dwitza, o cara decidiu abrir mão do pop que vinha marcando seus lançamentos e da busca por hits para […]

Os erros e acertos de Lenny Kravitz em “Raise Vibration”

Lenny Kravitz – Raise Vibration (2018) Por Gabriel Sacramento A discografia do Lenny Kravitz tem uma grande virtude, que em muitos momentos pode se tornar também um grande pecado: as misturas de gêneros que ele faz. Para Kravitz, estilos musicais devem trabalhar juntos para o bem do conceito do artista, ou seja, eles devem ser […]

“Kamikaze” é o Eminem cada vez mais comum e menos surpreendente

Eminem – Kamikaze (2018) Por Gabriel Sacramento Tenho uma teoria sobre o Eminem: ele se encontra cada vez mais preso em uma “bolha de lugar comum”, que o impede de fazer vôos altos e sufoca sua musicalidade. Isso porque, ao contrário de tantos outros rappers e artistas no geral, o americano não está sabendo lidar […]

“Negro Swan” do Blood Orange é terrivelmente sensacional

Blood Orange – Negro Swan (2018) Por Gabriel Sacramento Sempre digo que todo músico, ou pessoa que quer entender música profundamente, precisa estudar quem que já faz isso há anos e é referência. Ou seja, você precisa de um mentor, estando ele próximo de você ou não. E, assim como professores e diretores de cinema […]

“Hive Mind” do The Internet ressalta o poder do coletivo

The Internet – Hive Mind (2018) Por Gabriel Sacramento A Lounge Music foi um gênero musical, subgênero do Easy Listening, popular nos anos 50 e 60, que com o tempo se tornou sinônimo de música de hotel, casinos e elevador. Mas muita gente associa o termo à música negra, neo soul, R&B e até mesmo […]

Bixiga 70 investe em psicodelia no ótimo “Quebra-Cabeça”

Bixiga 70 – Quebra-Cabeça (2018) Por Lucas Scaliza A banda paulista Bixiga 70 chega ao quarto disco mantendo uma regularidade invejável. Desde a estreia com Bixiga70 (2011) dá uma aula de como fundir culturas e tirar proveito de seus nove integrantes pra criar uma música rica e que, graças ao bom senso na hora de […]