Machine Head – Catharsis (2018)

Robb Flynn faz disco pesado e eclético, cheio de gordura e sem direção Por Lucas Scaliza A única catarse possível com Catharsis é você entender como Robb Flynn pensa sua música ultimamente e concordar com ele ao ponto de achar que ele está transcendendo barreiras de uma forma genial. A parte de entender como Flynn […]

The Crab Apples – A Drastic Mistake (2018)

Para curiosos que querem coisa nova e diferente, mas sem sair do usual Por Eder Albergoni Em tempos de novas referências no mundo pop, no que especificamente somos brindados, por exemplo, com séries alternativas, como La Casa de Papel e Merlí, ambas espanholas, a surpresa de descobrir uma ótima banda catalã lançando seu segundo disco […]

Rashid em Crise – Escuta Essa 65

Hora de destacar o rap nacional com o primeiro grande lançamento do ano no gênero: Crise, álbum que compila os oito singles lançados por Rashid em 2017 e mais duas faixas inéditas e mostra todo o poder de lírica do rapper. Lucas Scaliza, Gabriel Sacramento, Eder Albergoni e o convidado João Guilherme Hazin discutem os pontes […]

Glen Hansard – Between Two Shores (2018)

O caminho mais curto entre dois pontos Por Eder Albergoni Parece óbvio pelo título do disco que essa viagem, seja de onde for para onde for, se encontra no meio do caminho. Em um dos episódios de Os Simpsons, Homer fica preocupado por já ter vivido metade da sua vida e concluí que daquele ponto em […]

Porches – The House (2018)

Banda derrapa na própria ambição Por Gabriel Sacramento Imagino o slogan de algumas bandas revival que temos hoje em dia: “para uma experiência nostálgica que você nunca esquecerá”. Isso evidencia que há uma grande promessa de que exista nesses álbuns, faixas e no conceito desses artistas e bandas, algo que nos atraia tanto, que nos […]

Alice Caymmi – Alice (2018)

O verdadeiro dilema de Alice Por Eder Albergoni É impossível ouvir Alice e não rotulá-lo automaticamente como um disco moderninho. Mas mora aí um paradoxo. Se o disco se encaixa perfeitamente no engajamento de hashtags, a urgência dele o torna quase perecível. Ainda mais tendo em vista a tendência pop que Barbara Ohana se valeu […]

Black Veil Brides – Vale (2018)

Banda é sensacional na milenar arte de ser muito ruim Por Gabriel Sacramento O Black Veil Brides é um grupo que tinha tudo para dar certo: é uma banda que faz um revival de um estilo pouco revisitado hoje em dia, que é o glam rock, com direito à maquiagem e figurino oitentistas. Ou seja, […]

Somali Yacht Club – The Sea (2018)

Somali Yacht Club cria paisagem sonora com atmosfera stoner rock de respeito Por Lucas Scaliza O trio ucraniano Somali Yacht Club é um excelente exemplo de como o stoner rock se aglutina bem a outras vertentes musicais e continua soando forte, sem prejuízo ao “stoner” do rótulo. Há uma psicodelia intrínseca ao estilo que podemos […]

Tune-Yards – I Can Feel You Creep Into My Private Life (2018)

Racismo, cutucadas no patriarcado e desesperança política atravessam o art pop de Merrill Garbus Por Lucas Scaliza Na virada da década, quando ouvi tUnE-yArDs pela primeira vez com os já lançados Bird-Brains (2009) e Whokill (2011) me senti um pouco confuso. Não conseguia definir o que estava ouvindo, não podia dar um nome ao que […]

Black Label Society – Grimmest Hits (2018)

Com vocês, Black Label Society e o 1º grande lançamento de metal do ano Por Gabriel Sacramento O Machine Messiah do Sepultura foi um dos primeiros grandes lançamentos de metal do ano passado e o responsável por deixar o padrão altíssimo para o gênero já de início. O decorrer do ano não foi tão empolgante, é verdade, […]