“Distance Over Time” é o melhor do Dream Theater em anos

Dream Theater – Distance Over Time (2019) Por Gabriel Sacramento Depois da saída de Mike Portnoy em 2010, o Dream Theater seguiu cambaleando e caindo, se arrastando para tentar encontrar o caminho. Black Clouds and Silver Linings (2009), o derradeiro álbum com o baterista fundador, nos deu alguns hits como “A Rite of Passage”, e […]

O festival de referências da BaianaSystem

BaianaSystem – O Futuro Não Demora (2019) Por Gabriel Sacramento Quem já esteve na Bahia ou mora por aqui sabe que, nessa região, estamos o tempo todo expostos a uma miríade de referências culturais, e é difícil, muitas vezes, filtrar um ou outro elemento ou destacar um no meio da multidão. Só na música, temos […]

Emarosa assume seu lado popzão e sai para o abraço

Emarosa – Peach Club (2019) Por Gabriel Sacramento Peach Club é o fim de uma trilogia fundamental para o Emarosa, que começou com o bom Versus (2014) e seguiu com o fantástico 131 (2016). Essa fase marca a redefinição da banda de Kentucky depois da intensa troca de membros. O guitarrista ER White é o […]

“thank u, next”, da Ariana Grande, era realmente necessário?

Ariana Grande – thank u, next (2019) Por Gabriel Sacramento Mais ou menos dois meses depois do lançamento de sweetener no ano passado, circulavam rumores de que Ariana Grande já estava escrevendo um novo álbum. No final de 2018, houve uma notícia que já estava pronto, mas o selo não iria lançar. Pois bem, seis meses […]

MONO e a profecia do fim do mundo em “Nowhere Now Here”

MONO – Nowhere Now Here (2019) Por Gabriel Sacramento Na crítica que escrevi ano passado para o disco de estreia do The Nude Party, eu comecei o texto discorrendo sobre como a música serve de megafone para humores e climas e como é possível, com muita facilidade, expressar isso por meio de escolhas sonoras. Nowhere […]

Sharon Van Etten experimenta com propriedade em novo disco

Sharon Van Etten – Remind Me Tomorrow (2019) Por Gabriel Sacramento O termo “experimental” está virando um grande clichê de sentido geral no meio do jornalismo musical. Isso ocorre principalmente porque o termo tem sido subjugado à total subjetividade: se um artista utiliza leves elementos diferentes em seu disco, ensaia uma mudança para uma nova […]

“Feral Roots” marca a nova fase do Rival Sons

Rival Sons – Feral Roots (2019) Por Gabriel Sacramento Começo esse texto confirmando que, sim, encaro de forma positiva a mudança que vive o Rival Sons, banda de rock californiana, que lança agora o seu sexto trabalho de estúdio. O grupo começou com comparações com o Led Zeppelin, lá em 2009, mas evoluíram para uma […]

“Euphoria Morning”, do Chris Cornell, completa 20 anos

Chris Cornell – Euphoria Morning (1999) Por Gabriel Sacramento Um dia em 1998, o casal de músicos Alain Johannes e Natasha Schneider recebeu em sua casa Chris Cornell, ex-vocalista do Soundgarden. Os três se reuniram para trabalhar naquele que se tornaria o primeiro disco solo do cantor de Seattle. Um marco e tanto para sua […]

“Assume Form”, do James Blake, é melancólico e bem produzido

James Blake – Assume Form (2019) Por Gabriel Sacramento Recentemente, vi um texto sobre um estudo que afirmava que o pop está ficando triste. De fato, a pesquisa é interessante e provou que essa onda tem sido crescente nos últimos anos, no entanto, a tristeza sempre foi um combustível e fonte de inspiração para a […]

Disco de estreia da Tallies é um como um sonho inesquecível

Tallies – Tallies (2019) Por Gabriel Sacramento A Tallies é uma daquelas gratas surpresas que você encontra por aí sem querer na internet e que só te faz sorrir em cada audição. É como estar preso por bastante em um sonho bom que você teve, mesmo depois de horas de acordado. Aliás, é por isso […]