The Crab Apples – A Drastic Mistake (2018)

Para curiosos que querem coisa nova e diferente, mas sem sair do usual

Por Eder Albergoni

Em tempos de novas referências no mundo pop, no que especificamente somos brindados, por exemplo, com séries alternativas, como La Casa de Papel e Merlí, ambas espanholas, a surpresa de descobrir uma ótima banda catalã lançando seu segundo disco soa como unir o útil ao agradável.

Quanto a essas referências, sempre procuramos pontos de partida para identificar e emprateleirar melhor a descoberta. A Drastic Mistake apresenta uma banda muito dedicada ao rock alternativo que bebe da fonte que vai de The Cure até PJ Harvey. A imprensa espanhola mesmo cita os Beach Boys como influência básica da banda.

“Don’t Play With Us” e “Open Your Mind” são as canções que puxam o disco em sua temática e musicalidade. As texturas, timbres e camadas de guitarras são destaque e merecem atenção especial. O disco não prima por originalidade, mas consegue cativar se apoiando no vocal feminino e em boas construções melódicas.

Assim como as séries já são uma realidade imperdível pra quem gosta do assunto, esse disco do The Crab Apples deve ser encarado com a mesma curiosidade. Quem sabe assim em um futuro próximo a banda consiga um status mais abrangente no cenário mundial e a apresentação possa ser dispensada. O que vale aqui, mais do que uma crítica empenhada em apontar virtudes e defeitos, é a sugestão de algo novo e diferente sem sair do usual.

26733708_967890400071271_4802364371842436504_n

Eder Albergoni Autor

4º elemento, 10º homem (sempre do contra), pinkfloydiano e adepto do meteorismo. Cresceu ouvindo e herdou os LPs do tio. Às vezes suas resenhas parecem crônicas. Às vezes, contos. Às vezes parece resenha também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *